quinta-feira, 18 de março de 2010

COMO CONTROLAR E/OU GERENCIAR UM ORÇAMENTO


Na incerteza dos tempos atuais em que todo executivo está sendo responsabilizado pelos resultados, você tem que ter ou desenvolver um gosto especial por finanças. Você tem que saber justificar um pedido, quantificar as contribuições à companhia e evitar, imediatamente, qualquer possível evasão de lucros. Não importa quão eficaz é o seu estilo de gestão, ou quão inovadora são suas idéias! Seu desempenho será medido real a real, até mesmo os centavos!

* O seu orçamento é o seu plano de negócios. Ele deve refletir tudo que você pretende fazer. Se os números não fecham, talvez possa não ser um problema de orçamento. Melhor reexaminar seu plano de negócios.

* Crie um fundo de contingência. Admita que imprevistos ocorrem. Qualquer coisa pode custar mais do que você espera. Entregas de última hora, por exemplo, são conhecidas por tirar dos trilhos muitos orçamentos.

* Documente tudo. O ideal é ter todas as informações de custo e possíveis alternativas por escrito. Mantenha notas detalhadas sobre suas estimativas, raciocínio e cálculos que lhe fizeram chegar aos tais números.

* Conheça os seus custos. Não chute! Se você não tiver condições de ter as informações precisas, é sempre melhor superestimar as despesas e subestimar as receitas.

* Monitore continuamente as despesas versus o previsto em seu orçamento. O valor de uma fatura nunca deve aparecer como uma surpresa. Se as despesas estão fora do previsto, não ponha sua cabeça no travesseiro e espere que as coisas se resolvam naturalmente. Tome uma iniciativa imediatamente. Corte as despesas até que você esteja certo de que o orçamento está no trilho outra vez.

* Estabeleça verificações e balanços. Defina limites para as despesas de seus diferentes níveis de colaboradores e tarefas específicas. Solicite aprovação prévia ou a sua assinatura para todas as exceções, evitando assim possíveis surpresas.

* O dinheiro fala mais alto. Não mantenha as pessoas na obscuridade. Comunique-se continuamente com todas as partes interessadas sobre o status do seu orçamento. Esta é a melhor maneira de evitar constrangimentos desnecessários.

Fonte: http://www.catho.com.br/jcs/inputer_view.phtml?id=7267

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação. Continue enviando comentários.
Obrigado.